Amantes da leitura

Hoje nosso blog será dedicado para todos os amantes de leitura. Ao contrário do que muitos projetam como exercício, ler é um exercício e não faz suar a camisa hahah

Foto: Istock

Foto: Istock

Quando pensamos em exercício, logo nos vem uma imagem de alguém correndo horas na esteira ou andando de bicicleta, suando e se cansando. Mas a verdade é que existem outros tipos de exercício, e a leitura é um desses, tem papel de exercitar a mente.

Não existe e nem nunca existirá contra indicação para leitura. Nosso proposito é que vocês encontrem esse vício e não larguem mais. Benefícios é o que não faltam. Descobrir novos caminhos, novos mundos, entrar na ficção, entrar no mundo real, imaginar, sonhar, dormir tarde porque não consegue parar de ler e descobrir mundos a partir de letras, palavras e pontuações.

Pra quem não tem muito o hábito da leitura, temos três recomendações para você amar e se viciar no mundo dos livros. Os livros do John Green são agradáveis e tem uma leitura bem gostosa. A lista de livros que John escreveu é bem extensa e hoje vamos falar um pouco sobre “A Culpa é das Estrelas”, “Cidades de Papel” e “Quem é você, Alasca?”. 

A Culpa é das Estrelas

“(…)Existe uma quantidade infinita de números entre 0 e 1. Tem o 0,1 e o 0,12 e o 0,112 e uma infinidade de outros. Obviamente, existe um conjunto ainda maior entre o 0 e o 2, ou entre o 0 e o 1 milhão. Alguns infinitos são maiores que outros. Um escritor de quem costumávamos gostar nos ensinou isso…” – Hazel Grace

Quem não se emocionou lendo A Culpa é das Estrelas? É um livro simplesmente lindo e rico em emoção. Você vai rir, chorar e vai amar.

O livro conta a história de Hazel Grace e Augustus Water, dois adolescentes portadores de câncer, que se conhecem através de um grupo de apoio da igreja, e faz com que eles se aproximem, vivam aventuras incríveis e se apaixonem no decorrer da história. Uma historia envolvente e emocionante.

O filme foi bem fiel ao livro, o que é ótimo, porque transcreve tudo o que imaginamos enquanto estamos lendo. A escolha dos atores, Shailene Woodley – como Hazel e Ansel Elgort – como Augustus, também foi incrível e bem assertiva.

Cidades de Papel

De todas as sortes do mundo, Quentin teve a sorte de ter uma vizinha como Margo Roth Spielgeman.

Cidades de Papel tem como protagonistas, Quentin e Margo, dois jovens vizinhos que quando crianças foram surpreendidos por um incidente no parque do bairro. Após esse dia, a relação deles foi diminuindo e foram naturalmente se afastando.

Margo é popular na escola e Quentin é apenas Quentin, tem seu grupo, seus amigos e é feliz assim. Até que um dia é surpreendido com a aparição de Margo, na janela de seu quarto. A partir de então, Quentin pode dizer que sua vida não foi mais de papel e ele pode vivenciar coisas que ele jamais planejou.

O filme tem previsão de lançamento para o dia 9 de julho e terá a ilustre presença de John Green para estreia do filme aqui no Brasil. Margo será interpretada por ninguém mais, ninguém menos, do que Cara Delevigne, modelo e atriz, e Quentin, será interpretado por Nat Wolff, escritor e ator. Nat Wolff deu vida a Isaac, amigo de Augustus no filme “A Culpa é das Estrelas”.

Quem é você Alasca?

“Mas que diabos significa “instantâneo”? Nada é instantâneo. Arroz instantâneo leva cinco minutos, pudim instantâneo uma hora. Duvido que um instante de dor intensa pareça instantâneo.”  

Miles Halter, é um adolescente que se apega a últimas palavras das pessoas. Cansado de sua vida sem graça e sem muitos amigos, Miles decide estudar em um colégio interno à procura do que François Rabelais, poeta francês, disse quando estava a beira da morte e que chamou de o “Grande Talvez”. Muitas coisas, aventuras e pessoas o aguardam na nova escola e uma delas é Alasca.

O filme já está sendo gravado, mas ainda não tem data prevista para estreia. Estamos ansiosíssimos para saber a data!

Pra você que ainda não leu nenhum desses, corre que dá tempo. Pratique o exercício da leitura! 🙂

Continue acompanhando nosso blog para mais novidades! Instagram: @parizijeans

Anúncios

Baby Bolsa Saco

Pra quem já gostava da bolsa saco, vai adorar as mini versões que foram criadas. A Baby Bucket Bag é ótima para eventos casuais, encontros no shopping, cinema com os amigos, viagens e o que mais você quiser. O tamanho é reduzido, mas o look fica ainda mais incrível.

Foto: Istock

Foto: Istock

Vários estilos, cores, tecidos, tribos e amigos, a bolsa saco agrada a todos e dificilmente não agradará você!

Sinônimo de praticidade, a bolsa saco ressurge para facilitar e embelezar a vida. Esse modelo de bolsa é muito versátil, pode contribuir tanto para composição de um look informal, como de um formal.

Ultimamente falamos bastante dos anos 70, mas dessa vez, quem volta com tudo, são os anos 90. As Bucket Bags, mais conhecidas como bolsa saco, foram criadas em 1932, pela Lois Vuitton e explodiram nos anos 90 para felicidade da nação.

De um jeito descontraído, essas gracinhas são mais do que bem vindas em qualquer estação do ano. Aparentemente, as bucket bags são bem pequenas, mas quando você começa a colocar as coisas dentro, percebe que cabe tudo o que você precisa e ainda mais, se necessário. Já as babys bucket bags você deve levar coisas mais pontuais, porque afinal, ela é baby e pequenina 😛

Essas belezuras ficam bem com vestido, saia, shorts, calças, legging, ou seja, é uma bolsa muito eclética, e a pluralidade de lugares para usar é imensa :).

Claro que coisa boa, inspira coisa melhor ainda, e assim a banda toca. Das Bucket Bags, foram originadas outras, como as Wayuu, que está super na moda, além de serem super coloridas e bonitas. São as bolsas colombianas produzidas pela tribo Wayuu. São feitas à mão com todo cuidado e carinho, por isso, dificilmente você encontrará duas do mesmo jeito, elas são únicas.

Continue acompanhando nosso blog para mais novidades! Instagram: @parizijeans

Como usar cachecol

Prepare-se, porque hoje vamos solucionar uma dúvida frequente e importantíssima de ser resolvida: como usar cachecol.

Foto: Istock

Foto: Istock

É surpreendente a quantidade de maneiras que você pode usa-lo. A verdade é que, cachecol, lenço e echarpe, são peças multifuncionais e retratam a personalidade da pessoa.

Essa é uma tendência que nunca sai de moda e pode ser encontrado de diversos tamanhos, cores, materiais mais grossos, seja tricô, crochê, lã ou algodão. Além de proteger do frio, completa o visual e faz com que você fique ainda mais linda ou lindo. Sim, cachecol é um acessório que todas as pessoas devem usar.

Portanto, vamos dar dicas de como usar da melhor forma!

Quando usado com uma blusa mais justa, é recomendado que use o cachecol dando duas voltas no pescoço com um nó frouxo. Vale lembrar que se o cachecol for de um material mais grosso, é preferível escolher outra opção, porque pode virar um bolo de pano e não ter o caimento esperado. Para essa opção é melhor um de tecido mais fino.

Uma opção também é a de embrulhar envolta do pescoço. Puxe o cachecol ao redor do pescoço deixando um lado maior que o outro. Passe mais uma vez pelo pescoço até ficar todo coberto.

Para os homens, temos a “gravata frouxa”, é bem simples. Coloque o cachecol em volta do pescoço, deixando o comprimento igual dos dois lado. Leve uma ponta a outra e faça um nó. E por fim, é só fazer com que as duas pontas tenham o mesmo comprimento. Essa é uma boa sugestão para ser usada com um casaco aberto.

Outra opção para os homens, é o “Laço europeu”. Dobre o lenço ou cachecol fazendo com que as duas pontas se encontrem. Dobre mais uma vez e faça como se fosse um arco. Coloque o cachecol em volta do pescoço e passe as duas pontas juntinhas pelo espaço do arco. Ajuste um pouquinho e pronto!

Continue acompanhando nosso blog para mais novidades!

Festival de Cannes!

E foi dada a largada para os comentários dos looks e principalmente dos filmes do festival de cinema de Cannes.

Foto: Istock

Foto: Istock

O Festival de Cannes é um dos mais conceituados festivais de cinema do mundo. Com 69 anos de existência, seu roteiro sempre foi o mesmo. Todo mês de maio, todos os anos e na mesma cidade francesa de Cannes. Até 2002, o festival era chamado de Festival International du Film e até então, mudou o nome para o que conhecemos hoje.

Um dos filmes premiados em Cannes, e uma promessa de diversão, foi o novo filme da Disney – “Inside Out” ou em português “Divertida Mente”. É um filme que mostra constantemente o que está acontecendo na mente dos personagens e com certeza vai arrancar boas risadas de todos!

Claro que quem pisou no tapete vermelho estava com um look sensacional. Um sensacional as vezes exagerado e um sensacional de arraso. Lá vai:

A dona desses tantos cabelos é uma ex-apresentadora de TV e escritora russa, Elena Lenina, e claro que ganhou bastante atenção nos dias de Festival. A verdade é que mesmo se ela não quisesse, receberia atenção :P.

Mas claro que não teve só penteado assim. Os penteados impecáveis marcaram presença e junto a eles, os looks também. Emma Stone seguiu com um visual clássico. Apostou no branco e acertou, ficou linda! Enquanto Julianne Moore optou por um pretinho cheio de requinte – Armani. Maravilhosa! Lupita Nyongó nunca passa despercebida e se apresentou com um vestido verde, com flores bordadas e cheio de preguinhas, diva!

Continua acompanhando nosso blog para mais novidades. Instagram: @parizijeans

BOMBER!

Que as jaquetas bombers são ótimas, nós sabemos. Mas alguém sabe como e por que ela surgiu? Nós descobrimos e vamos contar timtim por timtim 😉

Foto: Istock

Foto: Istock

O primeiro sinal das bombers jackets surgiu com os pilotos, no período da Primeira Guerra Mundial. Por conta do frio, era preciso fazer um agasalho bem pesado para que eles conseguissem aguentar o clima, já que as cabines não eram fechadas. Foi então que desenvolveram casacos de couro com elástico na manga. Durante a Segunda Guerra Mundial, um paraquedista do exército norte-americano, criou a “flying jacket” que, hoje em dia, passou por algumas alterações. Passou pela jaqueta aviador até chegar na bomber jacket (que conhecemos e amamos!).

Bom, já percebemos que essa moda existe há um tempinho né? Passou por estilos diferentes até apresentar-se pelo estilo que conhecemos, por isso vamos te dar dicas de como devemos usar essa belezinha.

Apesar de ser uma peça masculina, o mundo fashionista das mulheres, capturou e transformou essa jaqueta com tecidos delicados, como a seda e o cetim. Misturou bordados e aplicações divinas. E como usar esse estilo de jaqueta?

As jaquetas bombers tem um estilo particular e retratam a personalidade da pessoa. O legal é que ela é capaz de fazer combinações inusitadas e ótimas. Apesar do frio, você pode usar os modelos mais levinhos com shorts e meia calça, e é sempre bom lembrar que o que definirá sua silhueta será a composição da parte de baixo, porque a jaqueta fica fofinha.

Além de shorts, você pode usar com vestidos, calça jeans, calça, saias curtas, saias longas, enfim, vai depender do seu próprio estilo e gosto para definir a combinação da parte de baixo.

Corre que dá tempo de ter uma e fazer vários looks diferentes! Aproveitem!

Continuem acompanhando nosso blog para mais novidades! Instagram: @parizijeans

We s2 Macacão!

Com uma modificação ali e outra acolá, o macacão ressurge dos anos 90 com grande estilo! Ele que chegou no verão em uma versão mais curta (famosas jardineiras), não nos abandonará no inverno. Adaptado a estação, é apresentada uma versão comprida, alongando o corpo e passa a ser uma peça indispensável para qualquer um!

Uma das vantagens do macacão, é que resolvemos nosso look com apenas uma peça, fora que é sempre bom ter uma peça atemporal no armário, e o macacão cumpre bem essa tarefa!

Macacão ou jumpsuit, como dizem os fashionistas de plantão, faz com as produções de inverno sejam ainda mais diversificadas, deixando o básico de lado e mostrando como é fácil ter estilo.

Algumas pessoas ainda tem um pensamento muito fechado sobre usar macacão, sendo ainda um pouco rotulado por ser usado apenas por crianças pequenas, restringindo seu uso, mas a verdade é que ele atende desde babys até adultos.

A escolha da lavagem do jeans, cor ou estampa vai fazer com que você se sinta super elegante e charmosa. Aliás, um dos destaques da coleção outono/inverno 2015 da Parizi é o macacão Skinny, que modela o corpo e é super confortável. Você tem a opção de deixar a barra virada, e também pode deixar uma alça caída fazendo com que esses simples “truques” deixem com um ar mais moderno.

Foto: Vladi Fernandes

Foto: Vladi Fernandes

Seja ele azul, branco, preto, estampado, de outro tecido, é bom que podemos usar com botas, salto, sapatilha, loafer, blusa de manga comprida, blusa de manga curta por baixo e até um casaquinho, dependendo do frio que estiver. Ter um macacão é bom porque te permite muitas opções de looks!

Continue acompanhando nosso blog para mais novidades! Instagram: @parizijeans

Hidrate-se!

Muitas pessoas acham besteira hidratar a pele, mas aí é que mora o perigo. Não se deve esperar que a pele resseque para cuidar, é bem melhor prevenir do que remediar.

Foto: Istock

Foto: Istock

E hoje a Parizi te dá dicas para manter a pele sempre hidratada, porque afinal de contas, nossa pele merece esse cuidado, e deve ser hidratada todos os dias, independente da estação que nos encontramos.

É importante ressaltar que uma hidratação não consiste apenas em passar cremes hidratantes, é importante ingerir pelo menos 2 litros de água por dia. Além de uma pele hidratada, todo seu corpo terá um desempenho excelente!

Evitar banhos muito quentes e usar buchas é mais uma das dicas para manter a pele impecável. A água muito quente retira a oleosidade natural da pele e as buchas alteram nosso hidratante natural produzido pelo nosso organismo (o manto hidrolipídico, que é uma proteção que temos).

É recomendável usar um creme hidratante logo após o banho, que a absorção dele será ainda melhor. Você perceberá a diferença da sua pele em questão de alguns poucos dias.

Procure um dermatologista e peça indicações de qual é o melhor hidratante para o seu tipo de pele, pois dependendo da oleosidade, os cremes podem induzir ainda mais a produção em excesso de oleosidade e nós não queremos isso.

Vale lembrar também, que não é porque estamos no inverno, que devemos encostar o protetor solar e dispensar seu uso, para falar a verdade, o protetor deve ser usado até em dias nublados pois a radiação chega na sua pele do mesmo modo.

Nossos lábios sofrem um pouco mais no inverno e ressecam em locais de clima frio e seco, por isso é preciso tomar certos cuidados e ter sempre uma manteiga de cacau ou um protetor labial para não ficar em apuros.

Continuem acompanhando nosso blog para mais dicas! Instagram: @parizijeans